Search
Close this search box.

Assinado acordo para desenvolvimento da 3ª estação científica do arquipélago São Pedro e São Paulo

Explorando os Limites da Ciência e da Sustentabilidade: Um Novo Capítulo para o Arquipélago São Pedro e São Paulo.

Nesta terça-feira (07), um marco significativo foi alcançado no âmbito da pesquisa científica e da conservação da biodiversidade. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em parceria com a Fundação Espírito-santense de Tecnologia (FEST), e com o apoio da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e da Marinha do Brasil, formalizaram um acordo de cooperação técnica (ACT) para o desenvolvimento e implantação da 3ª Estação Científica do Arquipélago São Pedro e São Paulo.

A cerimônia de assinatura, realizada em Brasília, contou com a presença ilustre de autoridades e representantes de instituições de destaque. Entre os presentes estavam o Contra-Almirante Ricardo Jaques Ferreira, Secretário da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM); Sra. Iara Vasco Diretora do ICMBio representando o Sr. Mauro Oliveira Pires, Presidente do ICMBio; Professor Doutor Eustáquio Vinicius Ribeiro de Castro, Reitor da UFES; Professora Doutora Cristina Engel de Alvarez, Pró Reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da UFES, Professor Doutor Armando Biondo Filho, Superintendente da FEST e Patrícia Bourguignon Soares, Gerente de Projetos da FEST.

Em um forte discurso, o Superintendente da FEST, Armando Biondo Filho, destacou a importância deste acordo para a ciência, para a preservação ambiental e para o avanço tecnológico. “Este projeto não é apenas a construção de uma estação científica, mas sim a materialização de um compromisso com a pesquisa, a inovação e a sustentabilidade. Estamos honrados em liderar este empreendimento e estamos confiantes de que ele terá um impacto duradouro em nosso meio ambiente e em nossas futuras gerações”, afirmou Armando.

O Projeto de desenvolvimento e implantação da 3ª Estação Científica do Arquipélago São Pedro e São Paulo representa um passo significativo em direção à exploração e compreensão de uma das regiões mais singulares e desafiadoras do nosso país. Com a união de esforços entre instituições de renome, podemos antever um futuro de descobertas científicas, conservação ambiental e avanço tecnológico.

CURIOSIDADES SOBRE O ARQUIPÉLAGO SÃO PEDRO E SÃO PAULO:

Único conjunto de ilhas oceânicas brasileiras acima da linha do Equador. Localizado a 1.100 km do litoral do Rio Grande do Norte. Formação singular originada de uma rachadura na crosta terrestre.
Marcado por desafios históricos e geológicos, incluindo a destruição de um farol por um tremor tectônico em 1933. Possui uma extensa Zona Econômica Exclusiva para exploração econômica de recursos vivos e não-vivos.

Desde a era das caravelas até os dias atuais, o Arquipélago São Pedro e São Paulo é testemunha de uma história fascinante. Emergindo das profundezas do oceano há 10 mil anos, essas ilhas únicas, situadas acima da linha do Equador, foram batizadas após um evento marcante em 1511. Marinheiros naufragados foram resgatados pela caravela São Paulo, dando origem ao nome do arquipélago.

Picture of Redação O Fator Brasil

Redação O Fator Brasil

O Fator Brasil é um portal de notícias que acredita no Jornalismo comprometido com a verdade dos fatos e com a ética, trazendo sempre os principais acontecimentos do Espírito Santo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Este sábado (13) é a data em que se comemora o Dia Mundial do Rock. Durante o Live Aid 1985, festival beneficente para arrecadar dinheiro no combate à fome na Etiópia, Phil Collins falou do desejo de que aquele fosse o dia mundial do rock. A data, porém, não é tão mundial assim. Na Inglaterra e nos Estados Unidos, isso não é tão levado sério. No Brasil, o “dia mundial” se consolidou após rádios de rock citarem muito a comemoração.

O Paysandu recebe o Ceará nesta sexta-feira (12), no estádio da Curuzu, em partida válida pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Papão ocupa a 15ª colocação com 17 pontos, enquanto o Vozão é o 11º com 19 pontos. Confira a seguir onde assistir Paysandu x Ceará ao vivo.

Como chegam os times

Após um início terrível, a equipe Bicolor vem em um momento de recuperação. Na rodada passada, o Papão visitou o Coritiba no Couto Pereira e ficou apenas no empate por 1 a 1. Nicolas abriu o placar para o Lobo, mas Lucas Ronier igualou para os donos da casa.

Com isso, o Paysandu chegou a cinco partidas sem perder na competição, com duas vitórias e três empates, e abriu quatro pontos de distância da zona de rebaixamento. O problema da equipe paraense é a dificuldade em vencer dentro de casa, já que o Papão tem uma vitória e cinco empates na Curuzu.

Para a partida, o técnico Hélio dos Anjos desfalca a equipe após receber os cartões amarelo e vermelho na rodada anterior. Além dele, o zagueiro Wanderson também está no gancho por acúmulo de cartões. Entretanto, o meia João Vieira volta ao time após cumprir suspensão.

Do lado do Ceará, o técnico Léo Condé não contará com o meia Lourenço, que levou o terceiro cartão amarelo. Em compensação, o meia Recalde e o atacante Facundo Barceló voltam de contusão, enquanto o atacante Facundo Castro é dúvida.

Na rodada passada, mesmo com um jogador a mais durante metade do segundo tempo, o Vozão recebeu o Santos na Arena Castelão e perdeu por 1 a 0. Otero marcou o gol da vitória que colocou o Peixe de volta à liderança da Série B.

Com esse resultado, o Alvinegro de Porangabuçu tem agora apenas uma vitória em seis jogos na Série B. Consequentemente, a equipe caiu para a metade de baixo da tabela, após figurar no G-4 algumas rodadas atrás.

Onde assistir Paysandu x Ceará

O duelo entre Paysandu e Ceará no estádio da Curuzu começa às 21h30, no horário de Brasília, com transmissão ao vivo de Sportv (TV fechada) e Premiere (pay-per-view).

Assine a newsletter do Giz Brasil

Tendência