Search
Close this search box.

Veto do governo é mantido e projeto de lei que endurecia as regras contra MST é arquivado

Faltaram apenas dois votos para derrubar o veto do governador. Camila Valadão (Psol), Iriny Lopes (PT), João Coser (PT), Mazinho dos Anjos (PSDB), Tyago Hoffmann (PSB) e outros comemoraram o resultado.

Os 14 votos contra o veto do governador Renato Casagrande não foram suficientes para derrubar à medida que endurecia as regras contra o Movimento Sem Terra (MST). O projeto previa punições e restrições aos invasores flagrados, como perda do direito de receber auxílios sociais dos programas do governo e criava a política estadual de segurança pública nas faixas de domínio municipal e em todas as rodovias federais delegadas ao Estado do Espírito Santo. O intuito também era combater à ocupação ilícita em toda malha viária do Estado, uma pauta bastante esperada pelos agricultores preocupados com o avanço das invasões de terras.

O deputado estadual Wellington Callegari (PL), um dos autores do projeto, manifestou sua insatisfação e lamentou o resultado: “É triste ver o governo seguindo a pauta ideológica. A propriedade privada é um direito de quem realmente investe e produz. Infelizmente, o Estado do Espírito Santo perdeu a oportunidade de ser protagonista de uma lei que seria modelo para todo país. Quem agradece é a esquerda, que faz plataforma política com o terrorismo no campo. Tenho orgulho do governo Bolsonaro que, enquanto esteve no poder, protegeu o homem do campo e concedeu instrumentos para sua defesa”.

Lucas Polese, outro autor da medida, não poupou críticas aos ausentes e aos deputados que mudaram seus votos: “Estranho muito o decreto que criou uma comissão para representar essa casa nos eventos pelo Estado, tirando cinco deputados desta importante sessão. Será que não foi para fugir da votação? Lamento também o fato de alguns deputados que mudaram seus votos e ajudaram o governo a derrubar nosso projeto. Eu vou continuar defendendo o trabalhador do campo e lutando pelos direitos de quem batalhou para ter sua terra dignamente”.

Na galeria da Assembleia, agricultores repudiaram a postura de alguns deputados: “Esse projeto era essencial para proteger todos nós, que estamos à mercê desse bando que assusta as famílias do campo. O Norte do Estado já vem sofrendo alguns ataques dessa turma que não tem limites. Imagina você acordar com sua terra e sua casa invadida e ter seus direitos violados? É triste você assistir deputados mudando de postura e seguindo um veto que fragiliza os nossos direitos e a nossa segurança”.

Confira como votou cada deputado:

Votaram para derrubar o veto:

Adilson Espindula (PSD)

Alcântaro Filho (REPB)

Wellington Callegari (PL)

Capitão Assumção (PL)

Coronel Weliton (PRD)

Del Danilo Bahiense (PL)

Dr Bruno Resende (UNIÃO)

José Esmeraldo (PDT)

Hudson Leal (REPB)

Lucas Polese (PL)

Lucas Scaramussa (PODE)

Pablo Muribeca (REPUBLICANOS)

Sérgio Meneguelli (REPUBLICANOS)

Zé Preto (PP)

Votaram pela manutenção do veto:

Camila Valadão (PSOL)

Dary Pagung (PSB)

Denninho Silva (UNIÃO)

Iriny Lopes (PT)

João Coser (PT)

Mazinho dos Anjos (PSDB)

Tyago Hoffman (PSB)

Ausentes :

Alexandre Xambinho (PODEMOS)

Allan Ferreira (PODEMOS)

Bispo Alves (REPUBLICANOS)

Gandini (PSD)

Janete de Sá (PSB)

Raquel Lessa (PP)

Theodorico Ferraço (PP)

Vandinho Leite (PSDB)

Abstenção :

Marcelo Santos (PODEMOS)

Picture of Redação O Fator Brasil

Redação O Fator Brasil

O Fator Brasil é um portal de notícias que acredita no Jornalismo comprometido com a verdade dos fatos e com a ética, trazendo sempre os principais acontecimentos do Espírito Santo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Este sábado (13) é a data em que se comemora o Dia Mundial do Rock. Durante o Live Aid 1985, festival beneficente para arrecadar dinheiro no combate à fome na Etiópia, Phil Collins falou do desejo de que aquele fosse o dia mundial do rock. A data, porém, não é tão mundial assim. Na Inglaterra e nos Estados Unidos, isso não é tão levado sério. No Brasil, o “dia mundial” se consolidou após rádios de rock citarem muito a comemoração.

O Paysandu recebe o Ceará nesta sexta-feira (12), no estádio da Curuzu, em partida válida pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Papão ocupa a 15ª colocação com 17 pontos, enquanto o Vozão é o 11º com 19 pontos. Confira a seguir onde assistir Paysandu x Ceará ao vivo.

Como chegam os times

Após um início terrível, a equipe Bicolor vem em um momento de recuperação. Na rodada passada, o Papão visitou o Coritiba no Couto Pereira e ficou apenas no empate por 1 a 1. Nicolas abriu o placar para o Lobo, mas Lucas Ronier igualou para os donos da casa.

Com isso, o Paysandu chegou a cinco partidas sem perder na competição, com duas vitórias e três empates, e abriu quatro pontos de distância da zona de rebaixamento. O problema da equipe paraense é a dificuldade em vencer dentro de casa, já que o Papão tem uma vitória e cinco empates na Curuzu.

Para a partida, o técnico Hélio dos Anjos desfalca a equipe após receber os cartões amarelo e vermelho na rodada anterior. Além dele, o zagueiro Wanderson também está no gancho por acúmulo de cartões. Entretanto, o meia João Vieira volta ao time após cumprir suspensão.

Do lado do Ceará, o técnico Léo Condé não contará com o meia Lourenço, que levou o terceiro cartão amarelo. Em compensação, o meia Recalde e o atacante Facundo Barceló voltam de contusão, enquanto o atacante Facundo Castro é dúvida.

Na rodada passada, mesmo com um jogador a mais durante metade do segundo tempo, o Vozão recebeu o Santos na Arena Castelão e perdeu por 1 a 0. Otero marcou o gol da vitória que colocou o Peixe de volta à liderança da Série B.

Com esse resultado, o Alvinegro de Porangabuçu tem agora apenas uma vitória em seis jogos na Série B. Consequentemente, a equipe caiu para a metade de baixo da tabela, após figurar no G-4 algumas rodadas atrás.

Onde assistir Paysandu x Ceará

O duelo entre Paysandu e Ceará no estádio da Curuzu começa às 21h30, no horário de Brasília, com transmissão ao vivo de Sportv (TV fechada) e Premiere (pay-per-view).

Assine a newsletter do Giz Brasil

Tendência