Search
Close this search box.

Assembleia Legislativa aprova moção de apoio ao projeto que sobe pena para aborto

Iniciativa encabeçada pelo deputado Wellington Callegari (PL) teve ampla maioria e vai ser enviada para Câmara Federal, em Brasília.

Com 16 assinaturas favoráveis, a Assembleia Legislativa do Espírito Santo vai enviar uma “Moção de Apoio” ao Congresso Nacional, em razão da urgente necessidade de proteger a vida dos nascituros, por meio do Projeto de Lei nº 1904/2024, que visa proibir a prática de assistolia fetal, procedimento proibido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), através da Resolução nº 2.378/2024.

Entretanto, no mês passado, o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, por decisão monocrática, suspendeu a resolução do Conselho Federal de Medicina e liberou a prática em todo país, decisão polêmica que foi alvo de duras críticas, principalmente pela ala conservadora e por diversos segmentos ligados a política de saúde.

O deputado estadual Wellington Callegari não poupou a medida e disparou contra os seus defensores: “Uma aberração essa interferência do judiciário, suspendendo a resolução de um órgão altamente técnico e cientificamente habilitado para deliberar sobre o assunto. O aborto já é algo repugnante e vergonhoso, com amparo jurídico ainda é desonroso para qualquer nação. Se os brasileiros soubessem o que é assistolia fetal, tenho certeza que ninguém apoiaria uma atrocidade dessas. A proposta do Projeto de Lei 1904/24 que equipara o aborto ao crime de homicídio e trata seus autores como assassinos tem todo apoio da nossa Casa Legislativa. Precisamos endurecer as regras contra essa covardia defendida por quem não valoriza e muito menos respeita a vida”.

Na última quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados aprovou a urgência do projeto de lei 1904/24, que equipara o aborto ao crime de homicídio, aumentando de 10 para 20 anos a pena máxima para quem realizar o procedimento, tempo de prisão igual para casos de assassinatos. O autor da proposta, deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ) comentou sobre a iniciativa: “Nosso projeto é a forma que temos de punir médicos, que se formaram para defender valores da vida, a se tornarem produtores de assassinatos de indefesos no ventre de suas mães”. Ele também classifica o aborto como degradação do ser humano, desvalorização da vida e que alguns partidos e o STF ignoram a ciência que tanto dizem defender.

No Brasil, o aborto é permitido apenas em casos de estupro, risco de vida materna ou quando o feto possui anencefalia. Contudo, o projeto tipifica a criminalização da interrupção acima de 22 semanas de gestação, independente dos casos já previstos na legislação.

Agora, o Projeto de Lei 1904/2024 será votado no plenário da Casa, sem a necessidade de passar pelas comissões internas da Câmara Federal.

Picture of Redação O Fator Brasil

Redação O Fator Brasil

O Fator Brasil é um portal de notícias que acredita no Jornalismo comprometido com a verdade dos fatos e com a ética, trazendo sempre os principais acontecimentos do Espírito Santo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Este sábado (13) é a data em que se comemora o Dia Mundial do Rock. Durante o Live Aid 1985, festival beneficente para arrecadar dinheiro no combate à fome na Etiópia, Phil Collins falou do desejo de que aquele fosse o dia mundial do rock. A data, porém, não é tão mundial assim. Na Inglaterra e nos Estados Unidos, isso não é tão levado sério. No Brasil, o “dia mundial” se consolidou após rádios de rock citarem muito a comemoração.

O Paysandu recebe o Ceará nesta sexta-feira (12), no estádio da Curuzu, em partida válida pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Papão ocupa a 15ª colocação com 17 pontos, enquanto o Vozão é o 11º com 19 pontos. Confira a seguir onde assistir Paysandu x Ceará ao vivo.

Como chegam os times

Após um início terrível, a equipe Bicolor vem em um momento de recuperação. Na rodada passada, o Papão visitou o Coritiba no Couto Pereira e ficou apenas no empate por 1 a 1. Nicolas abriu o placar para o Lobo, mas Lucas Ronier igualou para os donos da casa.

Com isso, o Paysandu chegou a cinco partidas sem perder na competição, com duas vitórias e três empates, e abriu quatro pontos de distância da zona de rebaixamento. O problema da equipe paraense é a dificuldade em vencer dentro de casa, já que o Papão tem uma vitória e cinco empates na Curuzu.

Para a partida, o técnico Hélio dos Anjos desfalca a equipe após receber os cartões amarelo e vermelho na rodada anterior. Além dele, o zagueiro Wanderson também está no gancho por acúmulo de cartões. Entretanto, o meia João Vieira volta ao time após cumprir suspensão.

Do lado do Ceará, o técnico Léo Condé não contará com o meia Lourenço, que levou o terceiro cartão amarelo. Em compensação, o meia Recalde e o atacante Facundo Barceló voltam de contusão, enquanto o atacante Facundo Castro é dúvida.

Na rodada passada, mesmo com um jogador a mais durante metade do segundo tempo, o Vozão recebeu o Santos na Arena Castelão e perdeu por 1 a 0. Otero marcou o gol da vitória que colocou o Peixe de volta à liderança da Série B.

Com esse resultado, o Alvinegro de Porangabuçu tem agora apenas uma vitória em seis jogos na Série B. Consequentemente, a equipe caiu para a metade de baixo da tabela, após figurar no G-4 algumas rodadas atrás.

Onde assistir Paysandu x Ceará

O duelo entre Paysandu e Ceará no estádio da Curuzu começa às 21h30, no horário de Brasília, com transmissão ao vivo de Sportv (TV fechada) e Premiere (pay-per-view).

Assine a newsletter do Giz Brasil

Tendência