Conecte-se Conosco

Esportes

Alison dos Santos volta às pistas com terceiro lugar na Polônia

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

alison-dos-santos-volta-as-pistas-com-terceiro-lugar-na-polonia

O brasileiro Alison dos Santos ficou em terceiro lugar nos 400 m rasos com o tempo de 44.73 segundos na etapa da Polônia da Diamond League neste domingo (16). Essa foi a volta do corredor às pistas depois de dez meses de recuperação de uma grave lesão no joelho direito.

O tempo conquistado pelo paulista de São Joaquim da Barra é índice para o Campeonato Mundial de Budapeste (Hungria), de 19 a 27 de agosto, e índice olímpico. A vitória na prova deste domingo foi do recordista mundial, o sul-africano Wayde Van Niekerk, com 44.08 segundos. Bayapo Ndori, de Botswana, foi o segundo colocado com 44.61 segundos.

O próximo compromisso do brasileiro, campeão mundial em 2022 e medalhista de bronze em Tóquio 2021 nos 400 metros com barreiras, é a prova na qual ele é especialista na etapa de Mônaco da Liga Diamante, na sexta-feira (21).

“Alison está saudável, correu bem, foi uma prova forte boa, com possíveis medalhistas em Mundial e Olimpíada, com a presença do recordista mundial dos 400 m, caiu como uma luva! Ele está cansado, não era pra ser diferente pela longa viagem, mas está muito bem, sem nenhum incomodo muscular pós-prova. Tiramos um peso das costas. Voltamos para o jogo”, afirmou o treinador Felipe de Siqueira à assessoria da Confederação Brasileira da modalidade.

Publicidade

O Fator Brasil é um portal de notícias que acredita no Jornalismo comprometido com a verdade dos fatos e com a ética, trazendo sempre os principais acontecimentos do Espírito Santo e do Brasil.

Esportes

Mbappé anuncia saída do PSG

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

Na tarde desta sexta-feira (10), o atacante Kylian Mbappé Lottin, de 25 anos, declarou que não estenderá seu contrato com o PSG (Paris Saint-Germain). O jogador francês fará sua última partida no Parque dos Príncipes neste domingo (12).

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, o jogador expressou sua gratidão aos torcedores. Embora tivesse a opção de estender seu contrato até 2025, ele decidiu não utilizar a cláusula de renovação.

O futuro de Mbappé permanece incerto, apesar de relatos da imprensa espanhola e francesa indicarem que ele se transferirá para o Real Madrid, equipe espanhola que tentou contratá-lo em diversas ocasiões recentes.

O anúncio da partida de Mbappé vem logo após a eliminação do PSG nas semifinais da Liga dos Campeões, apenas alguns dias atrás.

Continue Lendo

Esportes

Gabigol é suspenso por dois anos por fraude em exame antidoping

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

Gabriel Barbosa, mais conhecido como Gabigol, recebeu uma suspensão de dois anos devido a uma infração relacionada a exame antidoping. O processo judicial teve início na semana passada e foi finalizado nesta segunda-feira (25/3). A punição foi estabelecida a partir da data da coleta do exame, ocorrida no ano passado, e terá término em 8 de abril de 2025. É possível recorrer da decisão.

O Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem declarou Gabigol como responsável em uma audiência que durou pouco mais de duas horas. O jogador participou da sessão nesta segunda-feira. A defesa do atacante argumenta que Gabigol realizou o teste de sangue, que é considerado mais confiável. A decisão final foi tomada com uma vantagem de 5 votos a favor e 4 contra a punição.

Gabigol enfrenta acusações de obstrução da realização do exame antidoping. Relatórios dos oficiais responsáveis pela coleta indicam que o comportamento do jogador é descrito como “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle”.

Os profissionais encarregados do exame antidoping afirmam que o jogador não se aproximou deles antes do treino, os ignorou posteriormente e foi almoçar, além de demonstrar desrespeito em relação à equipe.

O processo que considerou Gabigol culpado no caso do exame antidoping também menciona que o jogador tentou ocultar sua genitália ao urinar no recipiente, impedindo o oficial responsável pela supervisão de visualizar a saída da urina.

Publicidade

Ele não aderiu aos procedimentos recomendados, pegou o recipiente de coleta sem comunicar a ninguém, demonstrou irritação ao perceber que o responsável o acompanhou até o banheiro para a coleta e entregou o recipiente aberto, indo contra as instruções recebidas.

O jogador número 10 do time do Flamengo foi acusado de violar o artigo 122 do Código Brasileiro Antidoping, que trata de “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle e prevê uma possível suspensão de até quatro anos em caso de veredicto culpado.

O jogador recebeu a denúncia no final de 2023. Sua defesa foi submetida em janeiro e incluiu imagens das câmeras de segurança do CT Ninho do Urubu.

Continue Lendo

Esportes

Capixaba conquista três medalhas com a seleção brasileira na Copa do Mundo de Tiro Esportivo Paralímpico

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

O Brasil realizou mais um grande feito no tiro esportivo paralímpico, com a participação do capixaba Bruno Kiefer. Nessa quinta-feira (14), a seleção brasileira encerrou a disputa na Copa do Mundo com duas medalhas de ouro e uma de prata. A competição aconteceu em Nova Déli, na Índia.

Bruno Kiefer é contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport). A primeira medalha de ouro foi conquistada na disputa por equipe, na prova R4 – time misto 10m carabina de ar em pé SH2, no último sábado (09), pelos paratletas Bruno Kiefer, Alexandre Galgani e Jéssica Michalack.

No domingo (11), o capixaba também subiu ao topo do pódio junto à atiradora catarinense Jéssica Michalack, na prova R11 – dupla mista 10m carabina de ar em pé SH2. Na última disputa, realizada nessa quinta-feira (14), a equipe alcançou a medalha de prata na prova de R5 – time misto 10m carabina de ar deitado SH2. Com o resultado, o Brasil fez a melhor campanha em uma Copa do Mundo da modalidade.

Embora não tenha conquistado a sonhada vaga para a Paralímpiada de Paris 2024, Bruno Kiefer celebrou fazer parte de mais uma conquista histórica para o Brasil no esporte.

“Foi muito gratificante, o nosso trabalho está rendendo e estamos em um crescimento maior desde o ano passado. Essa é a maior conquista do Brasil na história da Copa do Mundo, então essa foi a melhor passagem do país na competição. Queria muito a vaga para a Paralimpíada de Paris, fiquei em nona colocação no R4 e por pouco não consegui, mas vai ficar para a próxima”, disse Bruno Kiefer.

Publicidade

Em 2023, o trio também fez história ao conquistar uma medalha inédita no Campeonato Mundial na disputa por equipes mista. A edição foi realizada no mês de setembro, em Lima, no Peru.

Continue Lendo
Publicidade
Publicidade

Política

Publicidade

Tendência