Conecte-se Conosco

Notícias

Ministro reitera compromisso do governo com educação pública

Avatar

Publicado

em

ministro-reitera-compromisso-do-governo-com-educacao-publica

O ministro da Educação, Camilo Santana, que participou da inauguração do novo prédio da Universidade Federal do ABC (UFABC, que vai abrigar o Bloco Zeta de laboratórios, lembrou, nesta sexta-feira (2), que uma das primeiras medidas de Lula, ao assumir a Presidência da República, foi convidar todos os reitores das universidades e institutos federais para mostrar que o governo atual tem compromisso com a educação superior e com a educação pública do país.

“Ele [Lula] determinou a recomposição de várias políticas públicas importantes para a educação pública brasileira, fez o reajuste das bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, que há quase dez anos não tinham aumento”, disse Santana. Segundo o ministro, os reitores estão sendo informados de que serão retomadas e terminadas todas as obras que foram paralisadas. “Esta é uma sinalização de que o compromisso do Brasil com a educação pública gratuita de qualidade voltou”, afirmou o ministro.

Santana ressaltou que o governo planeja investir mais não apenas na educação básica, mas em toda a educação e no ensino superior. Ele destacou o compromisso com o ensino superior e lembrou que, com investimento em educação, será possível transformar o Brasil em “um país livre e justo, que gera oportunidade para os jovens e crianças”.

O Bloco Zeta da UFABC é um prédio criado no campus de São Bernardo do Campo, que abrigará 22 laboratórios de pesquisa científica e inovação tecnológica nas mais diversas áreas como genética, desenvolvimento energético e equipamentos médicos. Há inclusive um laboratório destinado ao desenvolvimento de tratamentos inovadores para doenças cardíacas complexas.

O complexo tem 5,8 mil metros quadrados e inclui ainda 12 laboratórios de iniciação científica e salas de aula voltadas para a pós-graduação. A construção do novo bloco contou com financiamento federal, por meio do orçamento da UFABC, do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Finep), recursos de emendas parlamentares e individuais de deputados federais. O valor total de investimento foi de R$ 28,5 milhões.

Publicidade

Investimento e gastos

“A ciência voltou. Mais de 90% da produção científica brasileira se dá nas universidades. Por isso, não consideramos as universidades espaço de balbúrdia, muito pelo contrário, consideramos espaço de excelência. E isso não é retórica, porque o presidente Lula resgatou o Fundo Nacional dos Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia, que agora vai financiar os laboratórios que vimos aqui”, afirmou a ministra de Ciência e Tecnologia, Luciana Santos.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, na ocasião, que os valores repassados a áreas como educação e saúde não configuram gasto, mas investimento. Lula enfatizou que não existe, em todo o mundo, um país que cresceu e se desenvolveu sem antes investir na educação.

“Se a educação é a base de tudo, tomei a decisão de que, no nosso governo, quando se fala em fazer universidade, creche, escola, a gente não pode mais utilizar a palavra gasto. A palavra tem que ser investimento. É uma inversão que a gente precisa fazer. Para a elite dominante deste país, tudo que é benefício é gasto. Saúde é gasto. Ora, a saúde é um baita de um investimento. Todo mundo sabe o quanto custa uma pessoa doente aos cofres do Estado. E o quanto pode produzir, trabalhar e aprender uma pessoa que está com plena saúde”, afirmou.

H. Eduardo Pessoa é Jornalista com DRT e Desenvolvedor Front-End de diversos Portais de Notícias como este, destinados à Empreendedores, Jornalistas e Pequenas e Médias Empresas. Experiência de mais de 12 mil notícias publicadas e nota máxima de satisfação no Google e Facebook, com mais de 100 avaliações de clientes. Faça seu Portal conosco.

Notícias

Após cirurgia, Tony Ramos já respira sem ajuda de aparelhos e seu quadro é estável, diz boletim

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

O estado de saúde do ator Tony Ramos, de 75 anos, é estável, conforme informou um novo boletim médico divulgado no início da tarde desta sexta-feira (17) pelo Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, onde ele está internado.

Tony passou por uma cirurgia na quinta-feira (16) para drenar um hematoma subdural, que é um acúmulo de sangue entre o cérebro e o crânio, e continuou internado na unidade de saúde.

Após a cirurgia, o artista fez uma tomografia de crânio na manhã desta sexta-feira (17), que revelou uma melhora significativa. Ele já está respirando sem a ajuda de aparelhos, está lúcido e em condição estável.

LEIA BOLETIM

“O Hospital Samaritano Botafogo informa que o ator Tony Ramos foi submetido a uma cirurgia de drenagem de hematoma subdural (sangramento intracraniano) pela equipe do Dr. Paulo Niemeyer, na data de ontem (16/05). O paciente realizou uma nova tomografia de crânio na manhã de hoje (17/05), que mostrou significativa melhora. Tony Ramos respira sem auxílio de aparelhos, está lúcido e seu estado de saúde é estável.”

Publicidade

O diagnóstico de hematoma subdural ocorre quando há um acúmulo de sangue entre o cérebro e o crânio. Após o procedimento, a primeira atualização foi que o ator permanecia com a saúde estável.

Publicidade
Continue Lendo

Notícias

Bolsonaro recebe alta após 11 dias em hospital de São Paulo para tratar infecção na perna

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

O ex-presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PL), foi liberado nesta sexta-feira (17) após passar 11 dias hospitalizado em uma instituição privada em São Paulo para tratar uma condição de erisipela, uma infecção decorrente do contato de bactérias com a pele. Durante sua estadia, ele recebeu a visita de outros políticos e permaneceu ativo nas redes sociais. Apesar de ter recebido alta, ainda não há uma data prevista para seu retorno às atividades no PL, o partido onde atua como presidente de honra. Espera-se que o ex-presidente retorne à sua residência em Brasília ainda hoje.

Após ser inicialmente hospitalizado em Manaus, Bolsonaro foi transferido para São Paulo em 6 de maio. Fábio Wajgngarten, assessor do ex-líder do Executivo, esclareceu que Bolsonaro estava sendo tratado com antibióticos intravenosos para combater um quadro infeccioso de erisipela.

 

Continue Lendo

Notícias

Com alerta de mais chuvas no RS, Leite apela para população não voltar às áreas de risco

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

Diante da previsão de mais chuvas sobre o Rio Grande do Sul nos próximos dias, o governador Eduardo Leite (PSDB) emitiu um aviso, alertando os residentes das áreas de risco no estado a não retornarem para as regiões que foram evacuadas.

“Há uma perspectiva de chuvas elevando novamente os níveis dos rios. Por isso apelamos às pessoas para não voltarem aos locais de risco”, disse o governador durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (10).

Conforme a previsão meteorológica fornecida pelos meteorologistas do governo do Rio Grande do Sul, há previsão de mais chuvas no estado até a próxima segunda-feira (13). Os dias com maior probabilidade de temporais mais intensos são domingo (12) e segunda-feira.

As regiões que enfrentarão os maiores impactos da chuva incluem as áreas centrais, do norte e nordeste do estado, juntamente com os vales, o litoral norte e a região metropolitana de Porto Alegre.

A partir de amanhã, espera-se que os principais rios do estado, como o Taquari, o Caí, o Sinos e o Jacuí, atinjam novamente níveis de inundação. No caso do Guaíba, que banha a região da Grande Porto Alegre, as mudanças mais significativas devem ocorrer a partir de domingo. É possível que o nível do Guaíba ultrapasse novamente os 5 metros.

O governador advertiu sobre o perigo adicional de deslizamentos nas áreas onde o solo já está saturado de água devido às enchentes. Por essa razão, serão realizadas interdições preventivas nas rodovias ERS-332, na área de Arroio do Meio; ERS-129, no Vale do Taquari; e Rota do Sol, em Caxias do Sul.

Publicidade

“Sobre as chuvas dos próximos dias, a consequência mais provável é a de um repique do que a gente viu acontecer nos últimos dias e nas últimas semanas. Ou seja, rios que já foram afetados, como Taquari e Jacuí, depois com a contribuição aqui para o Guaíba e para a região metropolitana. Há  também o risco de deslizamento em locais em que o solo está encharcado”, advertiu Leite.

“Por isso, a recomendação é para manter-se em alerta e evitar o retorno neste final de semana para suas comunidades”, finalizou o governador.

Continue Lendo
Publicidade
Publicidade

Política

Publicidade

Tendência