Conecte-se Conosco

Esportes

Brasil vence Nigéria e se classifica às oitavas do Mundial Sub-20

Avatar

Publicado

em

brasil-vence-nigeria-e-se-classifica-as-oitavas-do-mundial-sub-20

A seleção brasileira Sub-20 venceu a Nigéria por 2 a 0 neste sábado (27) e avançou às oitavas de final do Mundial, na Argentina. Jean e Marquinhos balançaram a rede no primeiro tempo e garantiram a classificação do país em primeiro lugar no Grupo D. Já a equipe africana que entrou em campo classificada, na liderança da chave, terminou na terceira posição, com seis pontos. Isto porque o Brasil também chegou a seis pontos com o triunfo de hoje, e assumiu o topo da tabela pelo saldo de gols – sete contra um dos nigerianos. Pelo mesmo critério, a Itália terminou em segundo lugar (saldo de dois gols), após derrotar a República Dominicana, por 2 a 0, em Mendoza. O Brasil, comandado pelo técnico Ramon Menezes, voltará a campo na próxima quarta-feira (31), às 14h30 (horário de Brasília). O adversário no mata-mata – um dos quatro melhores terceiros colocados – será definido no encerramento da primeira fase do Mundial.

Líderrrrrrrr! 🤩

A Seleção Brasileira venceu a Nigéria por 2 a 0 e garantiu o primeiro lugar do Grupo D.

Os gols foram marcados por Jean e Marquinhos.

O foco agora é nas oitavas de final, na quarta-feira, às 14h30 (de Brasilia).

Vamos juntos! 💛🇧🇷 pic.twitter.com/lc3rqfNBgd

Publicidade

— CBF Futebol (@CBF_Futebol) May 27, 2023

O jogo começou eletrizante, apesar do gramado sofrível do estádio Diego Armando Maradona, em La Plata. Logos aos 7 minutos, a Nigéria quase abre o placar após cruzamento de Emanuel pela direita, na medida para Sal Fago chutar de primeira, mas a bola estourou no travessão e depois quicou em cima da linha, a tempo do goleiro Mycael afastar. O Brasil respondeu logo depois dois contra-ataques pela esquerda. No segundo deles, o camisa 20 levantou na área e Marquinhos bateu forte uma bola venenosa que o goleiro Aniagboso afastou com o pé. O jogo seguiu intenso, com ambos os times se lançando ao ataque. De tanto insistir, o Brasil abriu o placar aos 42 minutos, após escanteio pela esquerda, batido com precisão por Marquinhos para Jean testar para o fundo da rede. E ainda deu tempo da seleção marcar mais um, após lindo contra-ataque de Leonardo: ele tabelou com Savinho, que tocou para Marquinhos fazer o dele, o segundo do Brasil.  

Após o intervalo, o Brasil desperdiçou boas oportunidades de ampliar o marcador. Aos 11 minutos, Savinho disparou pela direita, se livrou da marcação e já dentro da área bateu colocado, mas Aniagboso evitou o gol. Já a Nigéria quase descontou aos 27 minutos,após jogada em velocidade e boa troca de passes, Sarki recebeu e mandou uma bomba, que só não entrou porque Mycael saltou e desviou com a mão. A bola ainda balançou o travessão antes de sair. Apesar das tentativas de lado a lado, o Brasil administrou a vitória até o fim.

Publicidade

H. Eduardo Pessoa é Jornalista com DRT e Desenvolvedor Front-End de diversos Portais de Notícias como este, destinados à Empreendedores, Jornalistas e Pequenas e Médias Empresas. Experiência de mais de 12 mil notícias publicadas e nota máxima de satisfação no Google e Facebook, com mais de 100 avaliações de clientes. Faça seu Portal conosco.

Esportes

Copa do Brasil: definidos por sorteio os 40 jogos únicos da 1ª fase

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

copa-do-brasil:-definidos-por-sorteio-os-40-jogos-unicos-da-1a-fase

A CBF definiu por sorteio na tarde desta terça-feira (30) os 40 confrontos eliminatórios da primeira fase da Copa do Brasil, que começa em 21 de fevereiro. A etapa inicial reúne 80 dos 92 clubes do torneio – o restante entra na terceira fase, que terá jogos de ida e volta. O calendário com datas e horários da partida ainda serão divulgados pela CBF.

Logo na primeira chave, o Cruzeiro, maior campeão da Copa do Brasil (seis títulos), foi sorteado para estrear contra o Sousa-PB, na cidade que dá nome ao clube. De acordo com o regulamento do torneio, os times mais bem colocados no Ranking Nacional de Clubes (RNC) estreiam fora de casa, mas levam a vantagem do empate para avançar à segunda fase.  Esse também o caso do Corinthians que visitará na estreia o Cianorte-PR; do Fortaleza que pegara o Fluminense-PI e do Bahia que irá até São Luís enfrentar o Moto Club.

Entres os times estreantes, está o Audax-Rio, clube de Angra dos Reis (RJ) que debutará na Copa do Brasil jogando em casa contra a Portuguesa-RJ, clube carioca da Ilha do Governador, bairro da zona norte da capital. Também haverá clássico tocantinense: o estreante Capital recebe o Tocantinópolis na primeira fase. Os demais estreantes são Água Santa, de Diadema (SP), Amazonas-AM, campeão da Série C do Brasileiro 2023; Manauara-AM;  Olaria-RJ; Grêmio Atlético Sampaio-RR; Itabuna-BA; e Petrolina-PE. 

Os dois vencedores de cada grupo da primeira fase  (são ao todo 20, com quatro times cada) avançam à etapa seguinte, também eliminatória (jogo único). No entanto, no caso de empate, a definição da partida ocorrerá em cobrança de pênaltis. A partir da terceira fase, estarão juntos os times classificados e também os 2 clubes restantes: Palmeiras, Grêmio, Atlético-MG, Flamengo, Fluminense, São Paulo, Botafogo e RB Bragantino (representantes brasileiros na Copa Libertadores deste ano), além de Athletico-PR (nono lugar na Série A do Brasileirão 2023), Ceará (campeão da Copa do Nordeste), Goiás (campeão da Copa Verde) e Vitória (campeão da Série B).

Publicidade
Continue Lendo

Esportes

Após bronze inédito, Zion sonha com Jogos de Inverno de 2026 na Itália

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

apos-bronze-inedito,-zion-sonha-com-jogos-de-inverno-de-2026-na-italia

O catarinense Zion Bethônico, de 18 anos, pode dizer que conseguiu, ainda muito jovem, algo que nenhum brasileiro havia alcançado ainda. No dia 20 de janeiro – quando ele ainda tinha 17, já que fez aniversário no último domingo (28) – ele conquistou o bronze no snowboard cross nos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude, em Gangwon (Coreia do Sul), se tornando o primeiro atleta do país a subir ao pódio em uma Olimpíada de Inverno – seja entre jovens ou adultos – na história. De volta ao Brasil, ele visitou as instalações do Centro de Treinamento do COB, no Rio de Janeiro, nesta terça (30) e contou que foi pego de surpresa ao saber do ineditismo do feito.

“Contaram para mim na linha de chegada. Ainda estava decepcionado que não havia conseguido o ouro. Ao final da descida, o pessoal do time Brasil me recebeu com tantos gritos que fiquei impressionado. Pensei comigo: ‘realmente fiz algo de se honrar”, disse o catarinense à Agência Brasil.

— Time Brasil (@timebrasil) January 20, 2024

Já ciente da repercussão de sua conquista, o menino, que retornou ao país no último dia 25, tem passado os últimos dias descansando e contando sua história, alvo de curiosidade para um público pouco acostumado a acompanhar esportes disputados abaixo de zero grau. Zion revelou como se prepara ao longo do ano para competir.

“No Brasil, eu só faço a parte da preparação física. Eu passo mais da metade do ano fora e em competições na América do Sul, América do Norte, Estados Unidos, Canadá. E de outubro até dezembro eu passo na Europa. Eu fico indo de competição em competição e tentando ganhar o máximo de experiência em corrida. Já me acostumei. Estou há muitos anos fazendo isso e é uma rotina que eu gosto. Eu prefiro o frio ao calor, talvez (risos)”, dispara.

A preferência fica ainda mais clara quando ele revela que Snowmass Village, cidade no estado norte-americano do Colorado, é o lugar preferido dele no mundo inteiro. Zion pôde estudar e treinar no local por dois anos quando era menor.

No ambiente familiar, ele encontrou a maior inspiração: o irmão Noah, que também participou dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude no snowboard cross, mas na edição de 2020, em Lausanne, na Suíça.

“Estamos juntos desde pequenos e ele sempre esteve um passo à frente. Então estou sempre correndo atrás dele e ele dando o máximo para não deixar eu alcançá-lo. A gente se puxa para frente, com certeza”, opina Zion.

Agora atleta adulto, Zion tem desafios pela frente

Durante a visita ao CT do COB, Zion conversou brevemente com o presidente da entidade, Paulo Wanderley Teixeira, que considerou o resultado na Coreia do Sul o primeiro passo para uma evolução do Brasil nos esportes de inverno.

Publicidade

“Ainda é preciso muita paciência e perseverança, principalmente. Mas o caminho está aberto. O comitê vem dando suporte às duas confederações, tanto a de neve quanto a de gelo. E elas têm aproveitado esses projetos específicos de apoio às modalidades de inverno”, disse o dirigente.

Como ultrapassou o recorte de idade para participar de competições como atleta da juventude, Zion agora terá que encarar a categoria adulta. Ir aos Jogos Olímpicos de Inverno em 2026, nas cidades italianas de Milão e Cortina D’Ampezzo, passou a ser o seu grande objetivo. Curiosamente, enquanto realizava o passeio organizado pelo COB, o jovem encontrou outra atleta brasileira de carreira destacada nos esportes na neve.

Jaqueline Mourão, de 48 anos, fez história como a primeira brasileira a participar de Olimpíadas de verão como de inverno. Em 2022, ela se tornou a atleta do país com mais edições olímpicas no currículo: oito, sendo cinco de inverno (onde compete no esqui cross country) e três de verão (no ciclismo mountain bike). Ela estava participando de um curso no local e falou sobre a alegria pela conquista de Zion, compartilhada com outros atletas brasileiros.

“Foi um resultado incrível para todos os amantes dos esportes da neve no Brasil. Falei para ele: você realizou o meu sonho. O sonho de todos os apaixonados de ver o Brasil realmente participando do esporte e conseguindo a sua excelência. Ele tem que continuar a carreira dele, tem ainda várias etapas para desenvolver e que essa medalha não seja um peso na carreira dele. Que seja só um empurrãozinho ali para que ele conquiste os sonhos dele”, disse Jaqueline.

Continue Lendo

Esportes

Brasileiro: Botafogo pega Coritiba tentando voltar à luta pelo título

Redação O Fator Brasil

Publicado

em

brasileiro:-botafogo-pega-coritiba-tentando-voltar-a-luta-pelo-titulo

Tentando retomar o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro, o Botafogo mede forças com o Coritiba, a partir das 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (29) no Couto Pereira. A vitória diante de um adversário já rebaixado é fundamental para o Alvinegro continuar vivo na briga pelo título da competição nacional. A Rádio Nacional transmite o confronto ao vivo.

Atravessando um momento negativo na competição, sem vencer nos últimos oito jogos (quatro derrotas e quatro empates), o Botafogo, que já chegou a ser o líder com uma vantagem de 13 pontos sobre o 2º colocado, atualmente é o 3º com 62 pontos, um a menos do que o líder Palmeiras e o vice-líder Flamengo.

— Botafogo F.R. (@Botafogo) November 27, 2023

Apesar do momento negativo, o técnico Tiago Nunes, que comandou a equipe pela primeira vez no último final de semana [no empate de 1 a 1 com o Santos], afirmou que ainda acredita no título do Alvinegro de General Severiano: “Poderia divagar sobre o que passou, o que não seria saudável para os jogadores. Falar do que passou não reverterá o que já se viveu. Falo para o torcedor que vejo uma equipe equilibrada, que está incomodada pelos jogos sem vencer e que está focada para conquistar o título. Estamos olhando para as nossas atitudes”.

Para a partida o comandante do Botafogo terá problemas para armar sua equipe titular. O volante Danilo Barbosa está suspenso por acúmulos de cartões. Já o lateral Marçal e o atacante Diego Costa estão fora por questões físicas. Com isso o Alvinegro deve entrar em campo com: Lucas Perri; Adryelson, Cuesta e Hugo; Tchê Tchê, Marlon, Gabriel Pires e Victor Sá; Eduardo, Júnior Santos e Tiquinho Soares.

Do outro lado do gramado estará um Coritiba que acaba de ter o rebaixamento confirmado, após derrota de 2 a 1 para o Fluminense no último sábado (25). Com o revés o Coxa estacionou nos 29 pontos na 19ª posição e não tem mais possibilidades de deixar o Z4.

Publicidade

Após a confirmação da queda do Coritiba, a direção da equipe confirmou a substituição do técnico Thiago Kosloski por Guto Ferreira, que chega com a missão de comandar o Coxa na campanha do acesso em 2024.

— Coritiba (@Coritiba) November 27, 2023

Por enquanto o objetivo do Coritiba é fazer o melhor nos jogos que restam na atual edição da Série A do Brasileiro, diante do Botafogo, do Bragantino e do Corinthians.

Transmissão da Rádio Nacional

A Rádio Nacional transmite Coritiba e Botafogo com a narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e reportagem de Bruno Mendes. Você acompanha o Show de Bola Nacional aqui:

Publicidade
Continue Lendo
Publicidade
Desenvolvido por Investing.com
Publicidade

Política

Tendência